EPAGRI/CIRAM
EPAGRI CIRAM
Outono
Início:20/03 Fim:20/06
outono1.png

Previsão Climática - 3 meses

VISÃO CLIMÁTICA TRIMESTRAL PARA SANTA CATARINA

Junho, Julho e Agosto de 2020

Temperatura na média e chuva na média a abaixo da média climática em SC

Início do Inverno: 20/06 às 18h44min.

Precipitação:
Previsão de chuva na média a abaixo da média climatológica nos meses de junho, julho e agosto, em SC. A chuva continua mal distribuída e irregular no estado, sobretudo em julho e agosto, permanecendo a condição de eventos de chuva com valores mais elevados em localidades, e outras não, da mesma região. 

Destaque: eventos de chuva intensa, em curto espaço de tempo, podem ocorrer em qualquer época do ano. Por isso, a Epagri/Ciram recomenda o acompanhamento diário dos boletins e informações disponibilizados no site.

Climatologia (o que se espera para época do ano):
No trimestre, a chuva é causada pelas frentes frias, que chegam com mais frequência ao Sul do Brasil, por sistemas de baixa pressão e vórtices ciclônicos. Os maiores volumes de chuva se concentram no Oeste e Meio Oeste. Nos meses de junho e julho, a média climatológica é de 110 a 170 mm no Oeste e Meio Oeste, e de 70 a 130 mm do Planalto ao Litoral, sendo o mês de junho com valores menores na Grande Florianópolis e Litoral Sul. No mês de agosto a média climatológica de chuva varia de 130 a 170 mm no Oeste, Meio Oeste e maior parte do Planalto Sul, podendo chega a 190 mm no Extremo Oeste e próximo ao RS no Planalto Sul, nas demais regiões do estado varia de 90 a 130 mm

No trimestre ciclones extratropicais são mais freqüentes, deslocando-se pelo litoral do Uruguai, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, provocando vento intenso, mar agitado com ressaca e perigo para a navegação no litoral catarinense.

Temperatura:
Previsão de temperatura próxima a média climatológica em SC. Em 2020 o trimestre será marcado por maior amplitude térmica devido às massas de ar seco freqüentes, favorecendo o resfriamento noturno e causando madrugadas frias com temperatura baixa e formação de geada ampla no Estado, seguidas de tardes com temperatura agradável e até elevada (acima de 30ºC), especialmente em dias de condição pré-frontal. Em junho períodos com ar mais quente e úmido podem caracterizar episódios de “veranico”. Especialmente em junho e julho, além de geada e nevoeiros, podem ocorrer episódios de neve no Planalto Sul.

Temperatura da Superfície do Mar (TSM):
No mês abril de 2020 as águas no Pacífico Equatorial apresentaram anomalia mensal 0,5°C a 1,0°C (Figura 1), mantendo a condição de Neutralidade observada nos meses anteriores. Em abril ocorreram variações semanais nos valores de temperatura da superfície o mar (TSM) e na semana de 17 a 23/05/2020 (Figura 2) foi observada anomalia negativa, com valores entre -1,0°C e -0,5°C, na área de monitoramento do Pacífico Equatorial, indicando resfriamento na TSM. A condição para o trimestre de junho, julho e agosto é de Neutralidade, mantendo o resfriamento nas águas do Pacífico Equatorial nos próximos meses com tendência à configuração de La Niña até os últimos meses de 2020.

Figura 1 - Anomalia da TSM nos oceanos Atlântico e Pacifico, em abril de 2020.

Figura 2 - Anomalia da TSM no Pacifico e Atlântico, nos dias 17 a 23 de maio de 2020.


Elaboração do boletim: Marilene de Lima/Gilsânia Cruz (Meteorologistas)
Previsão do Fórum Climático: EPAGRI/CIRAM, IFSC, UFSC, CIGERD, AGF Anti-Granizo, NSC e IFC.