EPAGRI/CIRAM
EPAGRI CIRAM
Outono
Início:20/03 Fim:21/06
outono2.png

Palmeira Real

ZONEAMENTO AGRÍCOLA CONSIDERANDO OS RISCOS CLIMÁTICOS PARA A CULTURA DA PALMEIRA REAL

 MAPA - PDF
 MUNICÍPIOS RECOMENDADOS - PDF


Nota Técnica

Para o zoneamento da cultura da Palmeira Real foram utilizados dados climáticos provenientes da rede de estações meteorológicas pertencentes à Epagri, com períodos variáveis de 10 a 30 anos, entre as variáveis consideradas estão: temperatura média, temperatura máxima, temperatura mínima, umidade, precipitação, horas de frio, entre outras. Trabalhos em climatologia foram desenvolvidos para atender a demanda de informações georreferenciadas e alimentar o banco de dados decendiais que dá suporte à metodologia do zoneamento. Os índices utilizados para delimitar as regiões de aptidão da palmeira real foram determinados por meio de revisão bibliográfica juntamente com as respostas biológicas observadas por produtores e por técnicos da Epagri em experimentos.

As variáveis climáticas pertinentes aos critérios modelados para a cultura do palmeira real foram:
- Temperatura média anual deve ser maior ou igual a 19ºC;
- A probabilidade de geada de ser inferior a 0,5 (abril a outubro);
- Área de representatividade do município: 30%.

Para estimar a probabilidade de ocorrência de geada, foram utilizadas equações de regressão relacionando as probabilidades de ocorrência de geada com latitude, longitude e altitude (Massignam & Dittrich, 2005).

Também foram utilizadas as equações que estimam as temperaturas médias em função da altitude, da latitude e da longitude no Estado de Santa Catarina (Massignam & Pandolfo, 2005). A área de representatividade no município significa que, para o município ser considerado ao apto ao plantio, deve apresentar condições favoráveis em mais de 30% de sua área. Para se chegar aos períodos favoráveis de semeadura os índices adotados foram calculados decendialmente. Utilizou-se o software ZonExpert 1.0 desenvolvido por PANDOLFO et al. 1999 , como ferramenta auxiliar para o cálculo e estimativa das variáveis climatológicas e cruzamento com os critérios da cultura. O princípio de funcionamento do ZonExpert 1.0 é de simular o crescimento e desenvolvimento de uma determinada cultura em períodos de 10 dias (decêndios), de acordo com as condições climáticas observadas e/ou estimadas de uma determinada região e as necessidades climáticas da cultura a ser zoneada. Para culturas perenes, alguns critérios são analisados de forma diferente, levando-se em consideração as informações climáticas com base mensal, pois não objetiva-se definir épocas de plantio, mas sim, potencialidade do plantio no município (recomendado ou não para plantio).

Foi gerada uma grade de pontos para todo o Estado de Santa Catarina, sendo que, cada faixa altimétrica (100 em 100 m) de cada município está representado por um ponto georreferenciado. Esta grade de pontos foi cruzada com o modelo numérico do terreno obtido à partir do mapa hipsométrico do Estado, obtendo-se uma grade de pontos georreferenciada com suas altitudes correspondentes. Para cada ponto da grade foram estimados os valores das variáveis, probabilidade de geada, temperatura média anual. Foi utilizando o software ILWIS 3.2 Academic para a espacialização dos resultados (aptidão de plantio). O mapa final do zoneamento foi exportado para formato shape para a criação do layout do mapa utilizando o software ArcGis 9.0.

PANDOLFO, C., HAMMES, L. A., SALUM, E. P., HECK, T. C. Notas sobre zoneamento agrícola para a cultura da palmeira-real-da-austrália em Santa Catarina In: I Encontro nacional de Produtores de Palmito de Palmeria-Real, 2005, Balneário Camboriu. In: Anais do I Encontro nacional de Produtores de Palmito de Palmeria-Real. Florianópolis: Epagri, 2005. v.1. p.27 – 29.