Primavera
Início:22/09 Fim:21/12
primavera3.png
EPAGRI/CIRAM

Apresentação

A região do Planalto Norte Catarinense guarda uma estreita ligação com a atividade ervateira. A própria história da região confunde-se com a história desta atividade, assim a erva-mate é um elemento central na formação deste espaço, seja através da interação com a conservação de remanescentes florestais, quer pela beleza paisagística de erveiras ao longo de potreiros e caívas. As marcas visíveis na paisagem também são frutos de um longo processo histórico e cultural de interação entre as populações locais e o ambiente dos ervais, que foram determinantes na economia local, e mesmo nacional, em épocas passadas, mas que ainda hoje tem grande significância na vida e economia local.

Dessa forma, a erva-mate nativa pode ser um importante estímulo para a conservação ambiental, devido a sua ocorrência no sub-bosque da floresta e de seu significativo valor econômico, o que confere valor monetário para os pequenos produtores rurais, contribuindo para a conservação dos remanescentes florestais e da biodiversidade por meio de manejos tradicionais desses ervais nativos.

A preocupação em agregar valor aos produtos, preservação da floresta, e a valorização do território, destaca a Indicação Geográfica como importante elemento nesse processo, que além de qualificar o produto, se estende a toda sua região produtora, conferindo-lhe um diferencial de mercado vinculado às características de seu local de origem.

Assim, a ASPROMATE – Associação dos produtores de erva-mate do Planalto Norte Catarinense, juntamente com a Epagri, promoverão o Simpósio da Indicação Geográfica da erva-mate a ser sediada na cidade de Canoinhas, com a participação de produtores rurais, tarefeiros, viveiristas, ervateiros, autoridades municipais, extensionistas, pesquisadores, técnicos e estudantes.

Você está convidado a participar e contribuir para o sucesso deste evento!

O Planalto Norte Catarinense espera por você.