EPAGRI/CIRAM
EPAGRI CIRAM
Primavera
Início:22/09 Fim:21/12
primavera1.png

Projetos - Em andamento

Confira os projetos que fazem parte do dia-a-dia do CIRAM:

Avaliação e Monitoramento da Biodiversidade do Parque Nacional de São Joaquim, Santa Catarina, Brasil
PPBio - São Joaquim
Código: 6310544

Problema:
A Mata Atlântica brasileira abriga uma elevada biodiversidade, com alto grau de endemismo e ameaça devido à perda de seus hábitats (Tabarelli et al., 2005; MMA, 2010). Com a crescente degradação ambiental desse bioma, as Unidades de Conservação (UCs) estão se tornando as únicas áreas que possibilitam a implantação de Programas de Pesquisas em Biodiversidade para gerar informação a curto, médio e longo prazo que possam contribuir para as tomadas de decisão tanto em nível local como nacional.

Objetivos:
Gerar uma base de dados georreferenciada (geodatabase) com dados edafo-climáticos e de uso e cobertura do solo do Parque Nacional de São Joaquim.Definir a localização dos três módulos de parcelas permanentes no Parque Nacional de São Joaquim

Metodologia:
Para a definição das regiões do Parque onde serão instalados os módulos de parcelas permanentes será feito uma caracterização da área do Parque a partir de dados georreferenciados disponíveis nas instituições parceiras e dados públicos de outras instituições. Essa caracterização será estruturada por uma base de dados georreferenciados (Geodatabase) com dados edafo-climáticos e de uso e cobertura do solo em escala preferencial de 1:50.000. A instalação dos módulos de parcelas permanentes de 5 Km² no PNSJ será feita nos moldes do sistema RAPELD (nome derivado das inicias de Rapid Assessments Program e Pesquisa Ecológica de Longa Duração) proposto por Magnusson et al. (2005), desenvolvido pelo Programa de Pesquisa em Biodiversidade (http://ppbio.inpa.gov.br).

Resultados esperados:
A importância do estabelecimento de um sistema integrado permanente para o monitoramento da biodiversidade do Parque Nacional de São Joaquim permitirá não só que os gestores dessa UC controlem o acesso e monitorem áreas potencialmente sensíveis, como também possibilitará uma estrutura mínima para que novos estudos sejam incorporados e apoiados. Além disso, os produtos resultantes da instalação desse sistema integrado permanente de monitoramento representarão um importante avanço na estruturação de um programa de pesquisas em biodiversidade forte e dinâmico, e com a formação de recursos humanos. A implementação de parcelas permanentes nos moldes do sistema RAPELD no PNSJ, além de acrescentar mais uma região neste programa de biodiversidade do MCTI, gerará informação cientifica a curto, médio e longo prazo que será compartilhada nacionalmente. O sistema RAPELD tem tido grande aceitação entre pesquisadores, além de estar sendo empregado para monitoramento ambiental e avaliação de impacto.

Responsável:
Luiz Fernando de Novaes Vianna

Unidade organizacional do responsável:
Epagri - Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina

Datas:
Início previsto: 01/01/2013 00:00:00
Fim previsto: 31/12/2016 00:00:00
Fim efetivo:

Equipe:

Nome do Colaborador Unidade
Adilson de Freitas Zamparetti CIRAM
Dr. Mauricio Graipel UFSC
Dr. Sergio Althof UFSC
Elisângela Benedet da Silva CIRAM - Ordenamento Ambiental
Juliana Mio de Souza CIRAM - Geoprocessamento
Kleber Trabaquini CIRAM - Geoprocessamento
Luiz Fernando de Novaes Vianna CIRAM - Geoprocessamento
MSc. Félix Baumgarten Rosumek UFSC
Pedro Volkmer de Castilhos UFSC
Prof. Dr. Benedito Cortês Lopes UFSC
Prof. Dr. Luiz Carlos Pinho UFSC
Prof. Dr. Nivaldo Peroni UFSC
Prof. Dr. Selvino Neckel de Oliveira UFSC
Sarita Borges de Fáveri UFSC
Valci Francisco Vieira CIRAM - Geoprocessamento