EPAGRI/CIRAM
EPAGRI CIRAM
Primavera
Início:22/09 Fim:21/12
primavera2.png

Projetos - Em andamento

Confira os projetos que fazem parte do dia-a-dia do CIRAM:

Rede de pesquisa em detecção e acompanhamento de florações de algas e suas relações com a pesca e a aquicultura em Santa Catarina
Florações de algas em Santa Catarina
Código: 6312967

Problema:
Segundo a Epagri, no verão de 2007 ocorreu o primeiro evento de floração de algas nocivas com consequências para a maricultura. Foi a primeira interdição de colheita e comercialização dos moluscos bivalves em áreas do litoral de Santa Catarina. Como consequência, houve uma queda na comercialização da produção de ostras do Pacífico e de mexilhões. Atualmente, em Santa Catarina, os consumidores de moluscos já conhecem o fenômeno de floração. Apesar disso, pouco se conhece sobre o fenômeno historicamente, quais os mecanismos de ocorrência em termos meteorológicos e oceanográficos, além das implicações na pesca e na maricultura. Da mesma forma, o atual sistema de monitoramento de ficotoxinas em moluscos destinados ao consumo humano ainda não se utilize de sensoriamento remoto para detecção e acompanhamento das florações. Assim, a criação de uma rede de pesquisa em floração de microalga poderá gerar informações que auxiliem a Cidasc nos processos de detecção e acompanhamento das algas.

Objetivos:
Consolidar uma rede de pesquisa em detecção e acompanhamento de florações de algas e suas interações com a pesca e a aquicultura na costa do estado de Santa Catarina. Organizar uma base de dados multi-institucional contendo dados de fontes e natureza diversas, como imagens de satélites, medições de campo, redes de monitoramento oceanográfico, estatísticas de captura e produção e qualidade dos produtos da pesca e da maricultura; Realizar um estudo sobre o histórico das florações de algas na costa de Santa Catarina identificando suas causas e consequências.

Metodologia:
Para consolidar a rede institucional, pesquisadores e técnicos da Epagri, Cidasc e IFSC formarão um grupo de pesquisa através de um convênio entre suas instituições. A base de dados multi-institucional ficará armazenada na Epagri/Ciram em uma plataforma Oracle com acesso livre aos pesquisadores por demanda de pesquisa. Nesse projeto será feita a modelagem dessa base para armazenar os dados de temperatura superficial do mar (TSM) e clorofila a do sensor MODIS, dados batimétricos de diversas fontes, os dados dos marégrafos, os dados de monitoramento de algas e os dados de captura de tainha (pesca). O método utilizado para o estudo sobre o histórico das florações de algas na costa de Santa Catarina terá como base alguns trabalhos já publicados (Schofield, et. al., 1999; Hu, et. al., 2005; Boyer, et. al.,2009; Harvey, et. al., 2013; Seegers, et. al., 2015).

Resultados esperados:
Uma base de dados para pesquisas em rede sobre as florações de algas na costa de Santa Catrina; Um estudo sobre o histórico de ocorrência das florações e suas relações com algumas variáveis oceanográficas, meteorológicas e biológicas.

Responsável:
Luiz Fernando de Novaes Vianna

Unidade organizacional do responsável:
Epagri - Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina

Datas:
Início previsto: 01/03/2018 00:00:00
Fim previsto: 31/12/2020 00:00:00
Fim efetivo:

Equipe:

Nome do Colaborador Unidade
Argeu Vanz CIRAM - Oceanografia e Monitoramento Costeiro
Carlos Eduardo Salles de Araujo CIRAM - Oceanografia e Monitoramento Costeiro
Kleber Trabaquini CIRAM - Geoprocessamento e Ordenamento Ambiental
Luis Hamilton Pospissil Garbossa CIRAM - Oceanografia e Monitoramento Costeiro
Luis Proença IFSC
Luiz Fernando de Novaes Vianna CIRAM - Zoneamento Ambiental
Matias Guilherme Boll CIRAM - Oceanografia e Monitoramento Costeiro
Pedro M. Sesterhenn Cidasc
Robson Ventura de Souza CEDAP - Equipe Técnica