Nova funcionalidade no Agroconnect

  • Post category:publicações

Favorabilidade climática da ocorrência da Podridão Cinzenta da Uva

A podridão do cacho, podridão cinzenta ou botritis, existe em todos os países vitícolas do mundo, reduzindo qualitativa e quantitativamente a produção. É considerada a mais importante das podridões do cacho. As perdas podem ser significativas nas cultivares viníferas, especialmente nas de cacho compacto. Na língua grega a palavra “Botrytis” significa cacho de uva, e a palavra “cinérea” vem do latim e significa cinzas.

Na maioria dos casos, podridões severas dos cachos estão associadas com umidade relativa alta e temperaturas entre 15 °C e 28 °C durante a maturação da uva. Estas condições ocorrem na Região Sul do Brasil, tornando difícil o controle da doença. A Epagri/Ciram está disponibilizando uma nova ferramenta web que possibilito o acesso a favorabilidade climática da ocorrência da podridão do cacho (Botryotinia fuckeliana (Botrytis cinerea), calculado a partir de dados meteorológicos, coletados pela rede de monitoramento hidrometeorológico operada pela Epagri/CIRAM e instituições parceiras.

A favorabilidade é calculada e atualizada no sistema Agroconnect. Na metodologia, são considerados os dados de precipitação pluviométrica acumulada em cada hora e as horas e umidade relativa do ar (UR%) acima de 90% ou de molhamento foliar.

A partir dos resultados calculados gera-se o índice de favorabilidade climática, classificados conforme a tabela abaixo.

Classificação da favorabilidade, conforme valores da fórmula:

FMA Favorabilidade
Menor ou igual 1 Sem risco
Entre 0,0 e 0,5 Risco leve
Entre 0,5 e 1,0 Risco moderado
Maior que 1 Risco severo
Inexistente Sem dados

Acessando o link http://www.ciram.sc.gov.br/agroconnect/ e escolhendo a atividade agropecuária “Videira” acessa-se a distribuição geoespacial do índice de favorabilidade climática da podridão conforme mapa de distribuição geoespacial.

Contato:

Hamilton Justino Vieira

E-mail: vieira@epagri.sc.gov.br

48 36655006