Previsão Climática Trimestral para Santa Catarina

Janeiro, Fevereiro e Março de 2021

Verão com chuva e temperatura acima da média em SC

Precipitação:

Trimestre com previsão de chuva próxima a acima da média climatológica em SC, especialmente em janeiro são esperados totais mais elevados de chuva. Trovoadas com pancadas de chuva serão frequentes, ocorrendo principalmente na tarde e noite, com valores mais significativos em algumas localidades do que em áreas próximas, ou seja, chuvas mal distribuídas no espaço.

Destaque nesta época do ano, sobretudo em janeiro, é alta a incidência de temporais com raios, granizo e ventania em SC. Por vezes ocorrem acumulados significativos de chuva em curto espaço de tempo. Por isso, a Epagri/Ciram recomenda o acompanhamento diário dos boletins e informações disponibilizados no site.

Climatologia (o que se espera para época do ano):

Em janeiro e fevereiro, o regime de verão já está estabelecido e as chuvas convectivas (curta duração) ocorrem com maior frequência entre a tarde e noite, e por vezes na madrugada, com média mensal de 150 a 190 mm do Oeste ao Planalto e no Litoral Sul, chegando a 200 e 250 mm na Grande Florianópolis e Litoral Norte, em janeiro. Em fevereiro, a média mensal é de 150 a 170 mm no Planalto e chega e 190 a 210 mm no Oeste, Meio Oeste e no Litoral. Em março diminuem as chuvas de verão (convectivas) e, principalmente a partir da segunda quinzena, as frentes frias chegam com maior frequência ao Sul do Brasil e são responsáveis pela maior parte da chuva em SC, com média mensal variando de 100 a 130 mm do Oeste ao Planalto e variando de 150 a 210 mm no Litoral do Estado.

A chuva mais significativa no trimestre em SC, normalmente ocorrem devido à passagem de frentes frias pelo litoral e, episódios de chuva mais intensa ocorrem no Oeste e de Laguna ao norte (Grande Florianópolis e Litoral Norte) em janeiro e fevereiro.

Em janeiro as condições atmosféricas são pouco favoráveis aos ciclones extratropicais no litoral Sul do Brasil.

Temperatura:

A previsão para os próximos três meses é de temperatura próxima a acima da média climatológica, em SC. No trimestre as massas de ar quente atuam com frequência com temperatura alta durante alguns dias consecutivos, principalmente nos meses de janeiro e fevereiro.

Temperatura da Superfície do Mar (TSM):

Nos meses de novembro e dezembro de 2020, as águas no Pacífico Equatorial apresentaram ampla área de resfriamento com anomalia de -1,0°C e -2,0°C (Figuras 1 e 2), configurando o fenômeno La Niña, com intensidade moderada a forte. Nos próximos meses persiste a atuação da La Niña, perdendo intensidade a partir abril de 2021. No Atlântico Sudoeste observa-se anomalia positiva de TSM em torno de 1,5°C.

Figura 1 – Anomalia da TSM nos oceanos Atlântico e Pacífico, em novembro de 2020.
Figura 2 – Anomalia da TSM no Pacifico e Atlântico, em dezembro de 2020.

Elaboração do boletim: Gilsânia Cruz e Marilene de Lima (Meteorologistas)