Primeira quinzena de novembro mais fria dos últimos 5 anos na Serra

O frio intenso desses primeiros 15 dias de novembro esteve associado principalmente a massas de ar frio e seco. Esses sistemas são comuns durante todo o ano, todavia são mais comuns no início da primavera, quando a atmosfera ainda apresenta caracteritsticas de inverno. Normalmente a partir de novembro começa um período mais semelhante ao verão, ou seja, com dias bem mais quentes.

Em São Joaquim, a média mensal da temperatura mínima de novembro dos últimos 5 anos foi de 9,7°C, enquanto a média destes últimos 15 dias foi de 6,4°C, resultando numa anomalia negativa de 3,3°C. Em Urupema, essa anomalia foi de 4,2°C abaixo da média, a maior encontrada para os munípios da Serra, considerando ambos os períodos e séries históricas mais longas.  Em Urubici, por exemplo, a média entre 2018 e 2022 foi de 8,9°C e neste novembro de 2022 foi de 3,8°C, ou seja, a anomalia negativa foi de quase 4°C. Já no município de Bom Jardim Serra, a média foi de 8,6°C, nos últimos 5 anos, e de 5,3°C nos primeiros 15 dias de novembo de 2022, com uma anomalia negativa de 3,3°C. O frio fora de época e bem mais significativo em relação a anos anteriores também favoreceu a formação de geada tardia na Serra. Nesta semana o fenômeno volta a ocorrer (link  Previsão), devido ao predomínio de tempo seco e com baixas temperaturas na madrugada (Figura 1).

Figura 1 – Previsão de formação de geada para quinta-feira, dia 17 de novembro de 2022.

Marcelo Martins e Laura Rodrigues – Meteorologistas (Epagri/Ciram)