Áreas de atuação

Gerente
Angelo Mendes Massignam
massigna@epagri.sc.gov.br

img_setor_ordenamento

Ordenamento Agroambiental

O setor de Ordenamento Agroambiental da Epagri/Ciram tem como objetivo  realizar estudos e pesquisas relacionados à agricultura catarinense utilizando como base as geotecnologias, que nas últimas décadas consagraram-se como ferramentas de coleta, organização, análise, processamento de dados e de informações nas diferentes áreas das ciências da terra. Atualmente a equipe é composta por Geógrafos, Eng. Agrônomos e Eng. Cartógrafo que desenvolvem pesquisas, metodologias e produtos nas áreas de análises e modelagem de informações geográficas aplicados à agricultura e meio ambiente, análise de agroecossistemas, pedometria, sensoriamento remoto, mapeamentos temáticos (culturas agrícolas, solos, uso e ocupação da terra), indicação geográfica, além de atuar na  orientação de jovens aprendizes e estudantes universitários de graduação e pós-graduação. Além disso, o setor administra uma base de dados composta pela cartografia básica do Estado (Mapoteca topográfica digital IBGE/Epagri) e um acervo de dados espaciais, temáticos e censitários, imagens de satélites e serviço de visualização de informações  via web. Desta forma, este setor atua na geração e disponibilização de informações estratégicas para a tomada de decisão no planejamento rural e na gestão territorial agrícola em Santa Catarina.

Hidrologia

Os trabalhos do setor de Hidrologia da Epagri/Ciram tem foco no monitoramento hidrológico e buscam diagnosticar diferentes tipos de impactos ocasionados pela influência das águas superficiais nas bacias hidrográficas. Os dados coletados e as informações geradas servem aos mais diversos setores da sociedade e os estudos hidrológicos desenvolvidos buscam respostas às demandas ambientais relacionadas à água.

Áreas de atuação:
•Monitoramento Hidrológico em Bacias Hidrográficas;
•Hidrometria;
•Estudos Hidrológicos.

Atividades realizadas:
•Determinação de descarga líquida;
•Determinação de descarga sólida;
•Coleta e análise de qualidade da água;
•Determinação de perfis transversais de rios;
•Estudo e elaboração de curvas-chave em rios;
•Instalação e operação de instrumentos hidrológicos;
•Operação de equipamentos automáticos e telemétricos.

Principais trabalhos e pesquisas realizadas:
•Operação e manutenção da Rede Hidrometeorológica Nacional da Agência Nacional de Águas – ANA da vertente atlântica de Santa Catarina;
•Operação e manutenção da rede de estações hidrológicas da CASAN na região da grande Florianópolis e sul do Estado;
•Operação da Sala de Situação de Eventos Hidrológicos Extremos – ANA/Epagri/Ciram;
•Monitoramento hidrológico do município de Concórdia;
•Estudos hidrológicos na região de Concórdia visando o pagamento de serviços ambientais.
•Estudos Hidrometeorológicos em Concórdia para análise dos efeitos das mudanças climáticas

Ciram

Meteorologia

Santa Catarina é um dos estados brasileiros mais afetados por adversidades de tempo e clima: granizo no oeste, neve na serra, ciclones extratropicais gerando ressacas na costa, enchentes no Vale do Itajaí, estiagens prejudicando a agricultura, El Niño, La Nina. Até mesmo um furacão já atingiu Santa Catarina, em março de 2004. Mas as perdas geradas por adversidades meteorológicas podem ser evitadas, ou pelo menos minimizadas, através do uso adequado da informação.

O CIRAM é o órgão responsável pelo monitoramento do tempo e clima em Santa Catarina, divulgando as condições de tempo e mar, com alertas para situações adversas de tempestades e vendavais, que colocam em risco a vida da população. Estas informações atendem aos mais diversos setores produtivos do Estado, além da imprensa e público em geral, desde aquele que deseja programar o seu passeio de final de semana até o empresário que pretende planejar e investir com maior segurança.

Monitoramento Agroambiental

O setor de monitoramento agroambiental busca fornecer dados e informações atualizadas para apoio à tomada de decisão na agricultura catarinense. Para tanto, a Epagri/Ciram conta com uma gama de plataformas automáticas de coleta de dados distribuídas por todas as regiões de Santa Catarina possibilitando a transmissão de dados com intervalos horários.
Além dos dados básicos de tempo e clima, como precipitação pluviométrica, temperatura e umidade relativa, são emitidos avisos de condições favoráveis à ocorrência de doenças nos principais cultivos praticados no Estado. Este trabalho é realizado em parceria com técnicos com formações multidisciplinares que integram cada uma das cadeias produtivas.
O principal meio de comunicação e difusão de todas as informações geradas no setor é via internet. Nossas plataformas digitais foram desenvolvidas para proporcionar o acesso às informações de maneira rápida, fácil e gratuita para todos os usuários. Uma das plataformas de destaque é o Agroconnect, que integra as informações das diferentes variáveis meteorológicas e promove a difusão das informações como Índices Agrometeorológicos, Dados Históricos (nos formatos tabulares e gráficos) e Previsão do Tempo.

Oceanografia e Monitoramento Costeiro

Oceanografia e Monitoramento costeiro é o setor mais novo do Ciram. Tem como objetivo oferecer informações ambientais e prestar serviços de qualidade em regiões costeiras onde o oceano e o homem interagem. Entre as atividades destacamos o monitoramento e pesquisa voltados a proteção de regiões estuarinas, a geração de informações oceanográficas para pescadores e maricultores, apoio a atividades de turismo e escoamento da produção rural nos portos do Estado. Especificamente, entre as atividades desenvolvidas pelo setor, destacam-se o monitoramento contínuo da maré ao longo de toda a costa catarinense, a disponibilização de dados de temperatura da superfície do mar obtidos através do processamento de dados de satélite e pesquisas envolvendo a qualidade de água em regiões estuarinas e seus efeitos no cultivo de ostras e mexilhões. Através destas ações pretende-se contribuir para a conservação e melhoria das condições ambientais e qualidade de vida no estado de Santa Catarina.

Tecnologia da Informação

 

No apoio a todas as áreas do Ciram, a Tecnologia da Informação é fundamental na rápida difusão da informação, estudando os recursos computacionais, de telecomunicações e redes, em busca de inovação tecnológica que viabilize um melhor desempenho dos sistemas de informação, com redução de custos e uma disponibilidade de serviços e infra-estrutura mais eficiente e eficaz.

img_setor_zone

Zoneamento Agroambiental

O Setor de Zoneamento Agroambiental desenvolve pesquisas na área de agrometeorologia, climatologia, análise de  riscos climáticos, zoneamento agrícola, caracterização e modelagem ambiental, cenários agrícolas em função das mudanças climáticas, ecologia da paisagem e ecofisiologia. As pesquisas desenvolvidas têm como plano de fundo o conhecimento do ambiente e sua interação com as atividades agrícolas, como forma de subsidiar o desenvolvimento de uma agricultura produtiva e conservacionista, gerando informações para o planejamento e gestão do território agrícola. A inserção dos projetos desenvolvidos pelo setor, nas diferentes cadeias produtivas de Santa Catarina, coloca os profissionais dessa área, constantemente em contato com as demais ações desenvolvidas pela Epagri, tanto pela pesquisa como extensão, dado o caráter transversal dos temas trabalhados.  

EPAGRI/CIRAM

Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina

Rodovia Admar Gonzaga, 1347 – Itacorubi

Florianopolis, SC – Brasil – CEP 88034-901

Fone: (48) 3665-5006

Redes sociais

Skip to content