EPAGRI/CIRAM
EPAGRI CIRAM
Primavera
Início:23/09 Fim:22/12
primavera1.png

Projetos - Em andamento

Confira os projetos que fazem parte do dia-a-dia do CIRAM:

MAPEAMENTO E DEFINIÇÃO DE ÁREAS PRIORITÁRIAS PARA CONSERVAÇÃO DO SOLO NA CULTURA DA CEBOLA EM SANTA CATARINA
MAPEAMENTO DA CEBOLA
Código: 6314735

Problema:
A cebola é a terceira hortaliça em expressão econômica no Brasil e o estado de SC, o maior produtor, com uma área colhida de 15.778ha e mais de 8 mil produtores. Apesar da importância da atividade, ainda não existem estudos que identifiquem as áreas de produção e consequentemente, o de monitorar a dinâmica espaço-temporal da cultura da cebola no estado. Os dados de estabelecimentos e de produção apresentados pelo censo do IBGE, mostram inconsistências. A cebola passou a ter a rastreabilidade obrigatória a partir de 2019 no Brasil. Com o mapeamento é possível, através de modelos de perdas de solo, definir as áreas prioritárias para o manejo e conservação do solo. Observa-se avançado estágio de degradação, relacionado à perda do horizonte superficial por erosão, e alterações estruturais decorrentes do revolvimento excessivo. As condições edáficas atreladas às condições de manejo destas lavouras têm dificultado a conservação do solo e ainda reduzido à produtividade da cultura.

Objetivos:
O presente projeto tem como objetivo realizar o mapeamento da cultura da cebola no estado de Santa Catarina via imagens Landsat-8 e CBERS-4, assim como avaliar as perdas de solo e definir as áreas prioritárias para utilização de práticas de manejo e conservação do solo na cultura da cebola em Santa Catarina, servindo de base para trabalhos de extensão rural.

Metodologia:
Será empregado imagens do satélite Landsat-8 de 30m de resolução espacial, utilizando o índice de vegetação NDVI para identificação das regiões produtoras, com imagens do pré-plantio e do pico vegetativo, levando em consideração o ciclo da cultura no estado. Posteriormente, utilizando imagens CBERS-4 pós-processadas de resolução espacial 5m, pretende-se refinar a classificação, alcançando uma melhor precisão de mapeamento, produto de escala 1:20.000. As perdas de solo serão avaliadas através da utilização da equação de perda de solo: A= R.K.L.S.C.P. A é a estimativa média anual de perda de solo; R é o fator erosividade das chuvas; K é o fator erodibilidade do solo; L é o comprimento da rampa; S é a declividade da Rampa; C é o fator de cobertura, uso/manejo; P é o fator de práticas conservacionistas. As áreas prioritárias para utilização de práticas de manejo e conservação do solo serão definidas através de faixas, apresentadas por meio de mapas municipais, utilizado o ArcGis.

Resultados esperados:
Mapa da cultura da cebola para o estado de Santa Catarina na escala 1.20.000 (tecnologia); Resultados realistas de produção da cebola para o estado, identificando espacialmente as áreas de produção servindo de base para a rastreabilidade e para estimativas de safra. Mapa de perdas de solo (tecnologia), permitindo estimar as perdas de solo e identificar os locais de maior quantidade de solo erodida. Mapa de áreas prioritárias para práticas de manejo e conservação (tecnologia), permitindo identificar áreas para execução de práticas de manejo e conservação do solo pelos extensionistas locais; Publicação de 2 artigos em revistas técnico científicos; Apresentação de 3 resumos em Congresso;

Responsável:
Denilson Dortzbach

Unidade organizacional do responsável:
Epagri - Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina

Datas:
Início previsto: 01/09/2019 00:00:00
Fim previsto: 31/08/2022 00:00:00
Fim efetivo:

Equipe:

Nome do Colaborador Unidade
Denilson Dortzbach Ciram - Geoprocessamento e Ordenamento Ambiental
Elisângela Benedet da Silva Ciram - Geoprocessamento e Ordenamento Ambiental
Kleber Trabaquini Ciram - Geoprocessamento e Ordenamento Ambiental
Valci Francisco Vieira Ciram - Geoprocessamento e Ordenamento Ambiental