EPAGRI/CIRAM
EPAGRI CIRAM
Inverno
Início:21/06 Fim:23/09
inverno3.png

Imagem de Satélite

Descrição da imagem de satélite, 15/09/2019 às 18h20min

As imagens de satélite mostram poucas nuvens na maior parte do Brasil, por influência de uma massa de ar seco. Em Santa Catarina nebulosidade baixa da Grande Florianópolis ao norte. No litoral da Argentina, sul do Uruguai e área oceânica as nuvens estão associadas ao deslocamento de uma frente fria.

Marilene de Lima - Meteorologista

 


 

Imagem da última hora
Imagens das últimas 4 horas

Imagem Sinótica
Legenda


Descrição da escala de cores da Imagem de Satélite:

Cores Temperatura do topo
da nuvem
Altura do topo da nuvem (aproximada)
Preto - -
Cinza e Branco 40°C a -45°C Superfície até 8km
Verde -45°C a -65°C Entre 8km e 12km
Vermelho -65°C a -75°C Entre 12km e 15km
Azul -75°C a -85°C Acima de 15km

As cores nas imagens de satélite representam a temperatura do topo das nuvens.
O preto indica a ausência de nebulosidade e, quanto mais destacado, menor a umidade relativa do ar.
O branco e cinza estão associados à presença de nuvens baixas, as quais podem estar muito próximas à superfície, como os nevoeiros e as nuvens stratus que, por vezes, podem resultar em chuvisco.
O verde está relacionado a nuvens médias e altas, com topos em altitudes superiores a 10km. As médias, como os altocumulus, altostratus e nimbustratus, podem provocar chuva fraca ou moderada. As nuvens altas, como os cirrus, cirrucumulus e cirrustratus, são transparentes e não provocam chuva e nem sombreamento intenso.
O vermelho e o azul indicam a presença de nuvens do tipo cumulunimbus, de grande desenvolvimento vertical e atividade chuvosa intensa.
No caso do azul, maior é a altura do topo da nuvem e grande a chance de ocorrência de granizo e temporal.